Simba Content

Simba fecha novo acordo com Claro e amplia sinais para o streaming

A Simba Content, empresa formada por SBT, Record e RedeTV! estava passando por um impasse nos últimos dias, porque o contrato firmado por elas em 2017 para não sair da TV paga, estava acabando, e ao serem procuradas com as operadoras para renovação de contrato, exigiam um valor de 8% a mais para renovarem, o que gerou um impasse, e as empresas, principalmente a Claro, estavam se mostrado relutantes com o novo acordo. Porém, ontem tudo acabou se resolvendo, e a Simba conseguiu fechar um acordo com a Claro e outras.

A Claro  renovou o contrato de transmissão das três emissoras da Simba Content durante mais três anos, porém com um aumento menor do que o inicialmente pretendido pelo trio. Além disso, as duas partes também chegaram a um denominador comum para que os três canais passem a estar no line-up do streaming Claro Box, que é a mais recente aposta da América Móvil para ter mais assinantes no Brasil. Em 2017, a Claro havia aceitado pagar para a empresa R$ 0,57 por cada emissora, os canais queriam que esse valor fosse para R$ 0,6156, o que aumentaria a despesa da Claro para mais de R$ 11 milhões por ano, fora os reajustes de impostos em 2022 e 2023.

Também nos acompanhe no Facebook, Instagram e Twitter

A Claro renovou o contrato com a Simba, sem nenhum reajuste nesse valor, mas com uma proposta de pagar à Simba, R$ 0,95 para cada assinante do streaming Claro-Box. Levando em conta que o serviço já conta com 150 mil assinantes, e deverá alcançar meio milhão de clientes em dezembro, a Simba faturaria mais de R$ 17 milhões apenas com a liberação da exibição dos canais na plataforma — cada emissora ganharia R$ 5,7 milhões, já que o valor é dividido de forma igualitária entre as três membras da sociedade.

Esse contrato era de extrema importância para ambas as três emissoras que formam a Simba, isso porque segundo pesquisas feitas, todas perderiam muita audiência com a removida do line up da TV Paga, assim como aconteceu em 2017. A RedeTV! na TV Paga cairia de 0,39 para 0,26 ponto, a RecordTV cairia de 4,26 para 3,03 pontos de média, e o SBT de 3,73 pontos para 2,85.