SBT vive dependência do futebol

Futebol ajuda SBT
Argentina vence Copa América no SBT (Foto/Reprodução: SBT)

SBT vive dependência do futebol. Quem diria? Há cerca de um ano atrás, ninguém apostaria que o SBT investiria no futebol. Não só investiu, como se tornou o maior produto da emissora em audiência, mas também em faturamento. No entanto, além do esporte, o que tem dado certo na emissora? É uma pergunta que os executivos das emissora estão tentando responder.


De acordo com informações do site Notícias da TV, as atrações esportivas tem sido utilizadas como arma para enfrentar a Record TV e garantir os dois dígitos de audiência. Fora o futebol, o SBT não tem conseguido chegar perto desta audiência. A exceção são os raros picos do “Domingo Legal”, “Eliana” e da novela mexicana “Coração Indomável”. Entretanto, quando se avalia a média de audiência, as atrações não ultrapassam os 8 pontos.

Enfrentando uma forte crise de audiência em vários momentos do dia, a emissora não conseguiu definir o dia de início das gravações de “Poliana Moça”, outra atração que a emissora aposta para aumentar a sua audiência. Ainda de acordo com o site, os executivos estão preocupados que os jogos de futebol sejam uma ilha na grade. Isso acontece por que as atrações da grade não conseguem absorver o público.

No faturamento, a Libertadores já vendeu todas as cotas de patrocínio até o fim da temporada. A Copa América vendeu cinco das seis cotas disponíveis. O comercial do SBT já está trabalhando para vender os espaços comerciais da Liga dos Campeões da Europa, competição europeia de clubes da Europa. No entanto, ainda para 2021, além do futebol, a emissora também aposta no “Show do Milhão” que já tem um patrocinador.