Os Jogos Olímpicos mais difíceis da história

Jogos Olímpicos do Japão
Estádio de Beisebol recebe competições (Foto: AFP)

Os Jogos Olímpicos mais difíceis da história. A pandemia da COVID-19 traz muitas limitações em nosso dia a dia, imagina para quem vai cobrir a realização dos jogos em outro país? Jornalistas estão encontrando dificuldades com a cobertura. As restrições são muitas e os casos da doença no Japão só crescem.


Os profissionais envolvidos estão se sentindo em uma prisão, entretanto é possível compreender diante de um cenário sanitário tão difícil em todo o mundo. De acordo com Flávio Ricco, os profissionais só podem sair para o local da reportagem e voltarem para o hotel. Os desvios de rota estão proibidos.

Os Jogos Olímpicos estão deixando os japoneses em alerta, pois a população não está aderindo as medidas de combate ao vírus. Muitos profissionais estão vacinados, entretanto existe um medo de contaminação. A Globo preparou um estúdio aqui no Brasil para transmissão dos jogos, enviando uma equipe reduzida para o Japão. O BandSports vai transmitir a Cerimônia de Abertura diretamente do Estádio.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio eram para terem sido realizados no ano de 2020, como previsto. No entanto, por causa do avanço da COVID-19 em todo o mundo, a organização optou por realizar neste ano de 2021 com rígidos protocolos de saúde.