NETFLIX-EMMY-2021

Netflix deixa HBO no chinelo, reinventa Emmy e bate recorde de troféus

A Netflix está sorrindo à toa, isso porque, depois de ter batido um recorde histórico de nomeações ao Emmy no ano passado (160), esse ano foram menos, sendo 130 indicações, porém o que vale é a premiação. E, com os resultados da edição de ontem, uma coisa é mais do que clara: A TV convencional está perto do seu fim. Hoje em dia, quem quiser ver as melhores séries do ano em tela grande, só vai conseguir com Smart TV, e a premiação de ontem provou isso, o Emmy 2021, principal premiação da indústria televisiva dos EUA, consagrou conteúdos de aplicativos, com destaque à Netflix, pioneira no serviço.

Após anos buscando prêmios principais no Emmy, a Netflix levou dois de uma vez só. Com as conquistas de Melhor Minissérie para “O Gambito da Rainha” e Melhor Série de Drama para “The Crown”, a plataforma de streaming deixou a HBO e a HBO Max no chinelo, ganhando dela tanto nas categorias principais, quanto em quantidade de troféus somados. A Netflix levou para casa ontem, 44 prêmios, enquanto a HBO veio em seguida com 16, menos da metade da Netflix. Disney (16), AppleTV (11), NBC (8), VH1 (6), HBO Max (4) e FX (3) vieram logo em seguida. Esses 44 troféus conquistados pela Netflix também são o recorde de prêmios do Emmy, e só havia sido batido uma vez, em 1974 pela rede CBS, quando “Mary Tyler Moore” e “M*A*S*H” representavam o auge da TV tradicional. Para dar dimensão da conquista, nos sete anos anteriores, entre 2013 e 2020, a Netflix tinha atingido um máximo de 30 indicações nas categorias de Drama, Comédia e Minissérie, sem nunca vencer os troféus principais.

Também nos acompanhe no Facebook, Instagram e Twitter

É a primeira vez que a Netflix bate a HBO em premiações do Emmy, e com louvor. Em 2018, elas empataram em vitórias, com 23 troféus cada; em 2019, a HBO acumulou 34 e a Netflix, 27. No ano passado, a distância foi maior, com 30 para a HBO e 21 para a Netflix. Vale lembrar que, em 2020, a HBO foi vitoriosa com “Succession” em melhor série dramática e “Watchmen” em melhor série limitada.

O streaming, durante a pandemia, conquistou ainda mais público, e vem se tornando dominante, tanto na TV quanto nos cinemas. E o recorde de troféus da Netflix no Emmy só comprovam isso.