Globo News banaliza o uso da urgência na sua programação

Christiane Pelajo
Christiane Pelajo na GloboNews (Foto/Reprodução: GloboNews)

Globo News banaliza o uso da urgência na sua programação. O assinante que acompanha a Globo News deve ter percebido que o ícone urgente está presente em praticamente toda a programação do canal de notícias global.

A emissora da TV por assinatura dedica a sua programação para informações ao vivo e também para conteúdos jornalísticos gravados. Antes de tudo, o canal também exibe documentários nacionais e internacionais.

No entanto, a Globo News tem tratado toda notícia como “urgente”, até mesmo em notícias consideradas frias ou tranquilas. Para justificar o uso do ícone em todo o tempo, seria necessário que o mundo estivesse com decisões importantes em todo o instante.

LEIA TAMBÉM:
Guerra na dramaturgia favorece público na televisão aberta
Tadeu Schmidt deve apresentar outro reality na Globo

Nem todos as pautas quentes são urgentes, quando o uso é constante, banaliza até mesmo a informação que está sendo dada. Se o uso tem a ver com a tentativa de “prender” o assinante, com o tempo, ele vai perceber a estratégia e o canal poderá perder credibilidade.

Contudo, a primeira ação do telespectador é questionar se aquela informação é urgente mesmo. Entretanto, se a credibilidades estivesse em alta, ele pararia para consumir a notícia pelo motivo de ser urgente de fato e só depois poderia questionar a urgência do fato.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post
SBT x Record

Chamas da Vida desaba audiência da Record TV

Next Post
Reis

Record TV tem prova de fogo contra Poliana Moça

Related Posts

This website uses cookies. By continuing to use this site, you accept our use of cookies.  Saiba mais