Dayane Mello

Dayane Mello é acusada de racismo em A Fazenda

Dayane Mello é acusada de racismo em A Fazenda. Os assuntos estão quentes nesta nova temporada de “A Fazenda”. Depois da repercussão sobre a sexualidade de Dayane nas redes sociais, desta vez ela volta para a “boca do povo”. Ela é acusada de racismo nas redes sociais.

Antes de tudo, em conversa com Tiago Piquilo, Dayane disse que não poderia ficar muito bronzeada. No entanto, a explicação seria de que as campanhas publicitárias preferem modelos de cor mais clara.

Também nos acompanhe no Facebook, Instagram e Twitter

“Não, tem que ser branquinha porque as campanhas não querem muito morena. Eles querem uma beleza em um corpo mais elegante do que muito morena, sabe? Eu não posso pegar muito sol. As marcas, às vezes, não querem marquinha de lingerie, nada dessas coisas. Também não me importo com o sol, não gosto de pegar muito sol, envelhece”, disse Dayane.

Entretanto, a situação não foi bem vista nas redes sociais. Seguidores comentaram que a fala foi racista e que o envolvimento com o Nego do Borel não afasta o comportamento de Dayane Mello.

“Não venham com o papo de que ela não falou por mal. Ela teve fala racista e no vídeo claramente ela se mostra racista. Não é porque ela “pegou” o Nego do Borel, que não é racista. Inclusive, ela disse que depois que beijou ele ficou com dor no estômago”, disse a seguidora.

“Dayane Mello acabou de dar um show de racismo dizendo que não pode ficar ‘morena’ por causa do trabalho de modelo, já que eles preferem, segundo ela, uma cor mais elegante. Já estou até vendo o bando de racista passando pano para a participante de A Fazenda”, afirmou outro usuário da rede social.