Maricruz

Coração Indomável tem maior audiência da faixa em 14 meses

Coração Indomável é um fenômeno e todo mundo sabe, não é a toa que é a sua segunda reprise pelo SBT em 6 anos. A história de superação de Maricruz foi originalmente foi exibida em 2015, reprisada em 2018, e em ambas as exibições fez um baita sucesso, fechando acima da meta em ambas as exibições, feito esse que está sendo repetido em sua segunda reprise, que se iniciou em maio de 2021.

Hoje, concorrendo com a EuroCopa na Globo, a novela teve uma audiência estrondosa, atingiu picos de 10 pontos por vários minutos, e teve a maior audiência da faixa em 14 meses, desde 29 de abril de 2020, quando Meu Coração É Teu registrou média de 9,0 pontos. Maricruz superou toda a exibição de Triunfo do Amor, que era inédita, e ainda a reprise de O Que a Vida me Roubou (8,7). Até o momento, a trama acumula média geral de 7,10 pontos, superando suas duas exibições anteriores.

Também nos acompanhe no Facebook, Instagram e Twitter

O capítulo exibido hoje de Maricruz, teve média prévia de 9,0 pontos na Grande São Paulo, atingindo ainda picos de 10 pontos, ou seja, no minuto mais visto, mais de 2 milhões de telespectadores paulistas assistiam à novela. No confronto direto, a Globo exibindo a semifinal da Eurocopa teve 18,0 pontos, a Record com o Cidade Alerta teve 7,2, e a Band com Brasil Urgente teve apenas 4,1 pontos.

Em Coração Indomável, Maricruz, uma moça linda, selvagem e inocente que vive com Ramiro, seu avô materno, e Soledade, sua irmã adotiva que é surda-muda e foi encontrada abandonada quando ainda era um bebê. Eles são muito pobres e vivem próximos à fazenda da família Narváez. Miguel e Otávio são irmãos e donos da fazenda, que está hipotecada, devido à má administração de Miguel, o irmão mais velho. Otávio, que piloto, após perder o emprego, vai para a fazenda com a intenção de vender sua parte, porém, nem imagina que sua propriedade está endividada.

Lembrando que os dados são prévios e poderão sofrer alterações nos consolidados que serão divulgados amanhã (7) pela Kantar Ibope. Cada ponto na Grande São Paulo corresponde a 76.577 domicílios.