A Band não faz um trabalho perfeito com a Fórmula 1

Fórmula 1 cresce na Band
Fórmula 1 cresce em audiência na Band. (Foto/Divulgação: Band)

A Band não faz um trabalho perfeito com a Fórmula 1. O ano de 2021 tem sido muito produtivo para a Band, o planejamento da emissora do Morumbi é de aumentar os índices de audiência com grandes contratações e com isso gerar uma maior receita para o canal.

Diante deste cenário, a emissora venceu a licitação para ter os direitos de transmissão da principal categoria do automobilismo mundial, a Fórmula 1. Para uma boa transmissão, contratou o narrador Sérgio Maurício e os comentaristas Reginaldo Leme e Max Wilson.

Antes de tudo, a Band contratou também Mariana Becker, experiente repórter. A forte equipe garante experiência, competência e afinidade com o esporte. No entanto, peca no princípio básico de deixar o público com a sensação de imparcialidade com o espaço dividido entre Max Verstappen e Lewis Hamilton.

A Fórmula 1 está tendo um campeonato emocionante de uma forma que não se via há muito tempo, completamente em aberto com dois pilotos que chegam na última corrida empatados em pontos no campeonato.

Nos acompanhe no Facebook, Instagram e Twitter. Acesse nosso grupo no Whatsapp e Telegram! Siga-nos no Google News.

Trabalho da Band

Durante a transmissão do GP da Arábia Saudita, a transmissão da Band não parava de mencionar Hamilton mesmo com Verstappen na frente. Em todo o momento, o narrador e os comentaristas anunciavam a aproximação do inglês, entretanto a diferença mostrava dois segundos de vantagem para o piloto holandês. Por mais que estivesse um pouco mais rápido, essa vantagem na Fórmula 1 é considerável e os dois pilotos estavam longe um do outro.

No momento da batida de Hamilton em Verstappen, Sérgio insistiu que o holandês não deixou espaço suficiente do lado esquerdo para que o inglês ultrapassasse. Entretanto, o lado esquerdo estava totalmente livre. A FIA (Federação Internacional do Automobilismo) entendeu que Verstappen estava muito lento no momento do acidente e o puniu em 5 segundos.

No entanto, a situação não para por aí. Em diversas transmissões, Sérgio Maurício e os comentaristas erram os nomes dos pilotos em momentos importantes. Ainda no GP da Arábia Saudita, o piloto Mazepin bateu na traseira de George Russell. Entretanto, o canal disse que era um carro da Alpine. A informação foi corrigida posteriormente com a ajuda das imagens.

O trabalho da Band com a Fórmula 1 é muito bom, elogiado pela crítica especializada e também pelos fãs do esporte. Todavia, alguns cuidados devem ser revistos para a próxima temporada. O sucesso comercial e de audiência para os padrões da emissora também precisam ser notados.

Total
4
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post
Juliette

Juliette recusa participar do BBB Portugal

Next Post
Prova de Amor

Prova de Amor bate recorde e tem melhor audiência da faixa desde 2020

Related Posts

This website uses cookies. By continuing to use this site, you accept our use of cookies.  Saiba mais