Velozes e Furiosos 9 supera US$ 500 milhões em bilheteria

Velozes e Furiosos 9
Velozes e Furiosos 9 (Foto/Reprodução: Universal)

A era dos cinemas voltou! Com a desaceleração da pandemia nos EUA, os cinemas voltaram a abrir com maior capacidade, e vários blockbusters voltaram a ser lançados, e a bilheteria começa a dar seus primeiros passos de volta ao que era. Velozes e Furiosos 9 já havia se tornado a maior bilheteria de estreia de um filme na pandemia, 70 milhões de dólares. O número ficou confortavelmente acima dos 60 milhões que eram previstos por analistas na semana anterior à estreia. Anteriormente, a melhor estreia em tempos de crise do coronavírus pertencia a Um Lugar Silencioso: Parte 2, que arrecadou US$ 48 milhões em seus três primeiros dias.


Essa semana, Velozes e Furiosos 9 alcançou mais uma marca história, ultrapassando 500 milhões de dólares em bilheteria global, se tornando o primeiro filme a cruzar esta importante marca desde o início da pandemia. Enquanto no Brasil o filme com Vin Diesel e Michelle Rodriguez já acumula R$ 29,2 milhões, nos EUA o filme liderou no feriado de 4 de julho com US$24 milhões. Todos esses sinais mostram uma significativa melhora em relação à 2020. 

Em Velozes e Furiosos 9: Dominic Toretto (Vin Diesel) sempre viveu a toda velocidade. Após a perda do melhor amigo e a descoberta do filho, ele reduziu o ritmo de vida, ao lado de Letty (Michelle Rodriguez). Mas não é fácil viver o presente quando o passado acelera em sua direção. E é o que acontece quando Dom reencontra seu irmão Jacob Toretto (John Cena), que é estimulado por Cypher (Charlize Theron) e Magdalene Shaw (Helen Mirren) a executar um plano de vingança. É hora de Dom reunir a irmã Mia (Jordana Brewster) e a família de fiéis amigos, como Roman (Tyrese Gibson), Tej (Ludacris) e Han (Sung Kang). Mais informações sobre cinema e streaming acesse ao Click+ no nosso site, com atualizações semanais.