Semana 2 de Nos Tempos do Imperador é a pior desde 2014

Semana 2 de Nos Tempos do Imperador é a pior desde 2014

Nos Tempos do Imperador teve uma ótima estreia no Ibope na Grande São Paulo, mas o público parece ter se desinteressado na novela. Após ter tido a pior quinta da semana 2 em 7 anos, essa tendência de fracasso se manteve na sexta-feira e no sábado, e a trama bateu recorde negativo semanal, registrando índices que até alguns meses atrás, eram índices registrados pelo Vale a Pena Ver de Novo, e a semana 2 de exibição teve o pior resultado desde Meu Pedacinho de Chão, em abril de 2014.

Entre os dias 16 e 21/08, na semana 2, a trama de Thereza Falcão e Alessandro Marson teve pífios 17.8 pontos de média, perdendo para TODAS as reprises veiculadas no horário devido a pandemia, como: A Vida da Gente (19.0), Flor do Caribe (20.0), e Novo Mundo (18.8), essa última é uma pré-sequência da novela atual, e foi uma reprise recente, sendo veiculada pouco menos de 3 anos depois do fim da exibição original. Entre a semana 2 de A Vida da Gente e de Nos Tempos do Imperador, a queda foi de 7%, valor considerável, levando em conta ser uma reprise e uma inédita.

A semana 2 da novela ainda ajudou a trama a se afundar mais ainda na média geral, até o momento com os 12 capítulos exibidos, a média geral parcial é de 18.75, o pior resultado em anos. No geral, a semana 2 foi a menos vista desde Meu Pedacinho de Chão, que entre 14 e 19 de abril de 2014, registrou apenas 16.2 pontos de média.

Nas redes sociais, a trama vem sendo super criticada pelo seu ritmo lento, erros históricos e frases mal usadas, usando conceitos como de “racismo reverso”, e a abordagem com os negros. O ritmo lento vem desagradando muito também, isso pois na semana 2, a novela mal teve acontecimentos relevantes. Os fãs esperam pela fase 2 da novela, em que haverá passagem de tempo, mas pelo visto não acontecerá por agora.