Conmebol e SBT negociam Libertadores até 2022

SBT assina contrato e vai exibir a Copa Libertadores

Agora é oficial! O SBT é a nova casa da Copa Libertadores da América no Brasil. Após a desistência da Globo para a transmissão, a Conmebol buscou as principais emissoras de TV Aberta do Brasil para oferecer a competição.

De acordo com as informações divulgadas pela imprensa, as negociações avançaram com o SBT positivamente. Desta forma, as outras emissoras, Band e RedeTV!, que também estavam interessadas foram descartadas, e a confederação intensificou as conversas com o canal de Silvio Santos.

Também nos acompanhe no Facebook, Instagram e Twitter

Segundo o jornalista Flávio Ricco, o acordo foi concluído na madrugada desta quinta-feira, 10. E deve ser anunciado oficialmente pelo SBT ainda hoje. Com o contrato, o canal tem os direitos das transmissões até 2022.

SBT é a nova casa da  Libertadores no Brasil
SBT é a nova casa da Libertadores no Brasil (Foto: Reprodução/Internet)

Os valores da Libertadores estão sob sigilo, mas foi negociado um valor bem abaixo do que a Globo pagava, em volta de 60 milhões de dólares por ano. Uma vez a transmissão é apenas para TV Aberta, diferente da concorrente que tinha um contrato mais completo, incluindo as transmissões nos canais fechados.

Com a responsabilidade de uma grande competição, o SBT prepara a montagem de uma equipe de esportes. Ainda de acordo com Flávio Ricco, do R7, Teo José é o nome forte para ser o narrador oficial. A emissora quer contar com duas duplas, entre narradores e comentaristas.

A busca por patrocinadores para os jogos começou, informalmente, na última terça-feira. A sondagem com agência e alguns clientes ocorreu para estudar a viabilidade do contrato. O canal quer fechar o pacote comercial o mais rápido possível. A primeira transmissão deve acontecer já na próxima quarta-feira, às 21h30.

O SBT abrirá espaços para os patrocinadores da oficiais da Copa Libertadores da América, algo que a Globo não aceitava e não fazia. Era uma vontade da Conmebol, mas nunca foi aceito pela emissora carioca, que tinha seus próprios modelos de publicidade.