Globo perde 17% da audiência em um ano e vê horários com liderança ameaçada

Globo segue 2021 com índices de audiência bem aquém do esperado, e distante da audiência estrondosa que conquistou em 2020.
Logo da TV Globo. (Foto/Reprodução: TV Globo)

Globo segue 2021 com índices de audiência bem aquém do esperado, e distante da audiência estrondosa que conquistou ao longo dos 3 primeiros trimestres de 2020. Escolhas erradas para reprises, filmes fracos e outros pontos podem ter contribuído para essa queda tão brusca. Brusca ao ponto de fazer a emissora perder quase 20% de audiência, se comparados a índices de um ano atrás.


Na terceira segunda-feira de junho, há um ano atrás, a TV Globo obteve de média-dia, 16,9 pontos, enquanto teve 6,3 a RecordTV, e 4,8 o SBT. Ontem, a emissora teve 14,1 pontos, e viu seus índices caírem em 17% se comparado ao ano passado. O SBT também caiu, mas foi bem menos, cerca de 4% a menos que em 2020. Já a RecordTV foi a única que subiu, tendo uma alta de 24%, obtendo 8,2 de média-dia, audiência essa muito por causa do caso Lázaro.

Essa queda da Globo se deve muito pelas novelas, se antes praticamente todas estavam na meta, hoje é somente uma, que é inédita, com índices bem aquém do esperado. Em 2020, Êta Mundo Bom teve 22,7 (TiTiTi teve apenas 13,3); Malhação caiu de 18,6 para 15,3; puxando assim também a novela das seis, que foi a que menos caiu em relação a 2020, quando a Globo reprisou Novo Mundo e teve 19,4 (A Vida da Gente teve 18,8); no horário das sete, Totalmente Demais em 2020 teve 30,8 pontos, e ontem, Salve-Se Quem Puder 27,3 apenas. No horário das nove, Fina Estampa em 2020 teve 33,6 e ontem, Império teve míseros 27,4.

A Globo precisa lutar para reconquistar essa audiência, porque se ano passado tinha todas as faixas fortes, inclusive no início da tarde vencendo o Balanço Geral com folga, hoje até o SP1 perde. Caso a emissora não corra atrás do prejuízo pode ser tarde demais.