Em crise, 4 das 5 novelas da Globo estão abaixo da meta

Ontem falamos um pouco sobre a crise na audiência da Globo, e, quanto a audiência caiu em um ano. Agora, iremos destacar um pouco sobre essa queda acentuada, principalmente nas novelas
Novelas da Globo no ar. (Foto/Reprodução: TV Globo)

Ontem falamos um pouco sobre a crise na audiência da Globo, e, quanto a audiência caiu em um ano. Agora, iremos destacar um pouco sobre essa queda acentuada, principalmente nas novelas. Se em 2020, das 5 novelas exibidas pela emissora (Vale a Pena Ver de Novo, Malhação, Novela das 18h, das 19h e das 21h) apenas Novo Mundo estava abaixo da meta, hoje somente uma das 5 está na meta (ou acima). Todas as outras se encontram com índices abaixo das suas respectivas metas, e causando dor de cabeça para a emissora.


Começando com a reprise de TiTiTi, que de longe foi a que mais caiu em relação a antecessora, e se encontra com média geral de 14,75 pontos, sendo que a meta é 15. No comparativo, Laços de Família tinha 18,47 pontos, a queda foi de 4 pontos, altíssima, e levando em conta que Laços de Família pegou época de calor e fim de ano. Em seguida, temos a reprise de Malhação: Sonhos (ou Pesadelos, como os internautas chamam), a reprise da temporada escrita por Rosane Svartman e Paulo Halm nem de longe lembra o fenômeno que foi a reprise de Totalmente Demais, e segue com audiência abaixo do esperado, repetindo a audiência ruim da sua exibição original. Até o momento, com 105 capítulos exibidos, a trama acumula apenas 16,77 de média geral parcial, e segue caindo dia após dia, no comparativo, a reprise recente de Viva a Diferença obtinha 19,20 pontos, uma queda de quase 3 pontos.

Indo para a novela das seis, A Vida da Gente, a reprise da novela de Lícia Manzo foi a que menos caiu em relação a antecessora, porém também segue abaixo da meta, acumulando, até o capítulo 96, média geral de 19,75 pontos com meta de 20. No comparativo, a reprise de Flor do Caribe tinha 20,34 pontos. Vale lembrar que é um horário que exige atenção da Globo, pois é o único até agora que tem uma novela inédita pronta para ir ao ar, Nos Tempos do Imperador, que segundo o próprio autor, estreia em 09 de agosto. Vamos aguardar.

Em seguida, temos os capítulos inéditos de Salve-Se Quem Puder, que acumulam até o momento média geral de 27,55 pontos, 2,55 acima da meta de 25 pontos. Em comparação a sua antecessora, Haja Coração, a novela eleva em quase 3 pontos, porém, deve-se levar em conta que esses 27,55 são puxados pelos inéditos de 2020 que obtiveram 28,91 pontos. Se levado em conta só os inéditos de 2021, a trama teria apenas 25,1 pontos, acima da meta, mas abaixo do esperado pela emissora com tantos investimentos. E, para finalizar temos a mais fracassada da grade, a reprise de Império. Esta, que teve chamadas à exaustão e até apresentação especial com o autor e elenco, acumula míseros 26,95 pontos de média geral, sendo o TERCEIRO PIOR desempenho do horário no comparativo, perdendo apenas para Babilônia e A Regra do Jogo, e também derrubou quase 3 pontos da antecessora, A Força do Querer, que tinha 29,17 no comparativo.

Exaustão das reprises ou más escolhas? Não sabemos. Porém, a Globo precisa estudar meios de recuperar o público. A vacinação do Brasil está acontecendo com rapidez, e até 2022 as novelas inéditas devem voltar ao normal, se essa queda acentuada continuar a emissora poderá ter problemas sérios.