Conmebol e SBT negociam acordo para transmissão da Libertadores

Conmebol e SBT negociam Libertadores
Conmebol e SBT negociam Libertadores (Foto: Reprodução/Internet)

SBT e futebol não é uma realidade muito distante como pensamos há algum tempo. A falta de investimento da emissora na área, desanimou até o mais sonhador. Porém, os olhos começaram a se abrir com as mudanças na cobertura dos eventos esportivos no Brasil.

A Globo quebrou contrato de transmissão da Libertadores, Fórmula 1 e Carioca, abrindo espaço as outras emissoras de TV Aberta a investirem nas competições. O SBT, que já alcançou altos índices com transmissão de futebol em décadas passadas, ensaia uma volta ao ‘campo’. A emissora, em parcerias com filiadas locais, já transmite a Copa do Nordeste, garantindo bons números de audiências, alcançando a liderança com alguns jogos em vários estados.

Conmebol e SBT negociam Libertadores até 2022
Conmebol e SBT negociam Libertadores até 2022 (Foto: Reprodução)

De acordo com jornalista esportivo do UOL, Rodrigo Mattos, Conmebol e SBT negociam acordo para transmissão da Libertadores até 2022. Segundo as informações apuradas, as conversas estão avançadas e devem chegar a um desfecho feliz ainda esta semana. A Libertadores volta já na próxima semana, 15 de setembro.

Com o acordo, o SBT fica responsável pela transmissão às quartas, marcadas para o horário das 21h30 até o final da primeira fase. Conmebol ofereceu a competição para as principais emissoras de TV Aberta, porém, a única que avançou positivamente foi o SBT. A emissora de Silvio Santos trabalha com estilo de publicidade que agrade a confederação.

Com o Grupo Globo, a Conmebol tinha um acordo de US$ 60 milhões por ano, para TV aberta e fechada. A desvalorização do real e alta do dólar fez a Globo pedir uma reavaliação de contrato por descontos nos valores da Libertadores, quebrando o acordo com a confederação.

Ainda segundo o texto, a emissora paulista e a Conmebol já formaram senso em relação aos valores, ao número de jogos e horários das partidas da Libertadores no Brasil. Agora, as duas partes trabalham para que os trâmites burocráticos tenham uma resolução muito em breve.

Os executivos da Confederação Sul-Americana de Futebol veem com bons olhos as negociações. E comemoraram o avanço da negociação com outra emissora, sem depender da Globo para transmitir a competição esportiva em território brasileiro. A dona da Libertadores não engoliu nada bem a quebra do contrato feito pela emissora carioca, além do desgaste que já havia no acordo, com as recusas da antiga transmissora em veicular os parceiros do torneio durante as partidas.

This site uses cookies. By continuing to use this site, you accept the use of cookies.